Escrever academicamente é um desafio!

Escrita acadêmica é um desafio sim, mas como qualquer outra habilidade pode e deve ser desenvolvida por quem quer que tenha interesse e necessidade. Para isso, há que se promover espaços de aprendizagem que oportunizem o desenvolvimento dessa habilidade.

Com o intuito de oferecer esse espaço o Prof. Jorge Fernandes da Silva apresentou como proposta à coordenação do Programa de Formação Inicial e Continuada para Professores de Língua Inglesa (Programa de Extensão vinculado ao Curso de Letras – Inglês da UFAC) o curso “Redação do trabalho acadêmico: artigos e projetos de pesquisas voltados para o ensino de línguas” .

O curso teve a duração de 20h, durante as quais procurou atingir os seguintes objetivos:

  • Compreender a estrutura dos diversos tipos de textos acadêmicos;
  • Destacar a estrutura e construção do Projeto Científico com ênfase para elaboração do artigo científico ao final do curso;
  • Aprender a registrar elementos essenciais no resumo acadêmico/abstract;
  • Mapear estratégias para identificar referências adequadas aos trabalhos propostos de acordo com objetivos e finalidades.
  • Conhecer e identificar normas da ABNT referentes às referências bibliográficas;
  • Diferenciar fundamentação teórica e referencial bibliográfico;
  • Compreender a construção de objetivos, metodologias e fundamentação teórica de acordo com o recorte temático desenvolvido no trabalho acadêmico;
  • Conhecer e praticar formas de entradas diversas do referencial teórico e bibliográfico no texto acadêmico de acordo com a ABNT;
  • Compreender o registro de citações diretas, curtas e longas na elaboração de textos acadêmicos;
  • Conhecer regras de formatações mais comuns em trabalhos acadêmicos;
  • Praticar o registro de citações e compreender o plágio como crime.

Agradecemos ao professor pela realização do curso, bem como parabenizamos aos participantes. Que venham suas produções acadêmicas!

Registro de alguns dos participantes do curso de Redação Acadêmica feito pelo ministrante Prof. Jorge.