Negociando sentidos, construindo interculturalidade.

Essa segunda, 21 de dezembro, encerramos o I Curso de Formação de Mediadores para atuarem no LIIO.

O Prof. Rodrigo Queiroz e a Profª. Queila Lopes discutiram o conceito de negociação, características e processos com os participantes.

Para auxiliar os mediadores a compreender como esses elementos se materializam na interação telecolaborativa de teletandem (TTD), os ministrantes selecionaram exemplos de sessões de TTD do MulTeC (Multimodal Teletandem Corpus) para que, a partir dos exemplos, os mediadores compartilhassem suas reflexões.

Foi um momento ímpar de reflexão e discussão para a formação de mediadores do LIIO.

Gratidão aos professores( Profª. Laura Rampazzo -IFSP; Profª Raquel Ishii – Ufac; Prof. Jairo Souza – Ufac e Prof. Rodrigo Queiroz – Ufac) que contribuiram para que o curso fosse tão bem sucedido, assim como aos cursistas, agora mediadores. Que venham as próximas ações do LIIO!

Curso de Formação de Mediadores – Encontro III

Segunda, dia 14 de dezembro, aconteceu o III encontro do Curso de Formação de Mediadores oferecido aos alunos e comunidade externa que almeje atuar como mediador no LIIO, laboratório de Intercâmbio Intercultural On-line.

Nesse encontro, Prof. Raquel Ishii, com a participação da Prof. Queila Lopes, discutiu com os participantes o conceito de interculturalidade e sua relevância na formação de professores em especial, professores de línguas.

As discussões e reflexões suscitadas no encontro procuram contribuir com a formação dos mediadores que são fundamentais para que o LIIO alcance seus objetivos.

Discutimos a Interculturalidade como “… um projeto que, por necessidade, convoca a todos os preocupados com as relações de poder – que mantêm e continuam a reproduzir o racismo, a racialização, a desumanização de alguns e a super sobrehumanização de outros […] Seu projeto é a transformação social e política, a transformação das estruturas de pensar, agir, sonhar, ser, estar, amar e viver “(WALSH, 2009, p. 15).

Na próxima semana realizaremos o último encontro, discutindo negociação com Prof. Rodrigo Queiroz do Campus UFAC Floresta.

“Telecollaboration in times of crisis”

Nesta tarde do dia 10 de dezembro aconteceu o 5º Focus, o último deste ano. Foi uma conversa enriquecedora sobre telecolaboração e a importância dessa atividade para a formação de excelentes professores de línguas, assim como para construir espaços de colaborativos com falantes de outros países/culturas.

Dr. Joseph Cunnigham, professor de Alemão na Georgetown University, com pesquisas situadas na intersecção da pedagogia de segunda lingua mediada por tecnologia e desenvolvimento da competência pragmática do aprendiz, compartilhou sobre os benefícios do intercâmbio virtual para a aprendizagem de uma língua estrangeira e para a formação de professores.

A palestra do Prof. Joseph mobilizou nossas expectativas sobre a implementação da primeira ação do LIIO – Laboratório de Intercâmbio Intercultural Online – na Ufac.

É uma oportunidade única para todos os professores em formação inicial, professores da rede, técnicos e professores da Ufac para desenvolverem a competência intercultural, aprender Inglês e romper as fronteiras estabelecidas pela dimensão geográfica.

As inscrições para as primeiras turmas de telecolaboração no LIIO ainda estão abertas até o dia 18 de dezembro. A primeira interação já ocorre a partir do dia 7 de janeiro e o período de interações vai até inicio de abril. Teremos uma turma na quinta e outra na sexta.

Vagas abertas para professores da rede, estudantes da Ufac (Graduação e pós-graduação), técnicos e professores da Ufac.

Para inscrições acessar o link: https://forms.gle/uCe2gpKYZiCyQSPW8

Formação de Mediadores

O Curso de Formação de Mediadores teve hoje seu segundo encontro.

Semana passada tivemos a presença da Profª. Laura Rampazzo do Instituto Federal de São Paulo que, com a Profª. Queila Lopes (UFAC), apresentou o Teletandem seus princípios basilares e tarefas.

Na manhã de hoje, 7 de dezembro, o Prof. Jairo Souza (Ufac) conduziu o debate, levantando reflexões sobre a geopolítica da Língua Inglesa (LI). Reflexão indispensável para professores de LI.

Semana que vem continuamos o curso.

Vale lembrar que o curso prepara mediadores para atuar no LIIO – Laboratório de Intercâmbio Intercultural On-line – do Curso de Letras – Inglês.

Tarefa em andamento

O Projeto de Extensão on-line Digitalidades e Aprendizagem de Línguas realizou semana passada o último encontro síncrono.

Os participantes ainda realizarão tarefas assíncronas, para as quais receberão feedback dos ministrantes do curso para então darmos por encerrada essa jornada que começou na primeira semana de setembro (02/09 foi o dia do primeiro encontro síncrono).

Na última das três dimensões os participantes trabalharam com TDICs para elaboração de tarefas para aprendizagem de línguas.

No último encontro a tecnologia em questão foi o Google Maps.

A equipe DALI agradece aos professores (em formação ou em atuação) por participarem do curso. Alguns professores, mesmo com trabalhando muito mais horas atualmente, não deixaram de participar de cada encontro e realizaram as tarefas propostas.

A partir da experiência, a equipe pensa em realizar encontros periódicos com os professores para trocarmos aprendizagens e experiências.

Os resultados foram significativos e justificam novas ações no sentido de criar comunidades colaborativas constituídas por professores de línguas.

Palavras como a da Prof.ª Lucinéia, que participou das 3 dimensões, estimulam o trabalho e nos fortalecem para o enfrentamento dos diversos desafios que emergem no percurso.

Diante das inúmeras dificuldades que enfrentam os que lutam por educação de qualidade, vale relembrar Cortella (2018) “[…] é preciso insistir num ponto: não é o destino que constrói as minhas rotas, mas há casualidades sobre as quais eu não tenho ingerência. É o lugar do imponderável, a enfrentar com coragem.”

Continuemos, corajosos professores!